Do Local ao Ciberespaço : Uma introdução ao Micronacionalismo

  • Raphael Tsavkko Garcia Faculdade Cásper Líbero

Resumo

O presente artigo tem por objetivo introduzir a atividade micronacional e relacioná-la com fenômenos como a fragmentação, desterritorialização, globalização e outros dentro dos marcos da cibercultura. Inicialmente busca-se situar a atividade na internet, entendida como um novo veículo de atribuição de identidades e de re-significaçã. Busca-se, através de bibliografia diversa, situar o micronacionalismo como uma atividade real que tem como objetivo/fim a formação de uma comunidade imaginada e de uma cultura própria na internet em meio à fragmentação de identidades e a desterritorialização atual em que se encontra o mundo. O homem re-significa sua identidade na internet, criando uma realidade alternativa, mas ao mesmo tempo real e tangível e encontra um espaço propício à criação de uma nova identidade e agrupamentos humanos em um ambiente virtual

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Graduado em Relações Internacionais - PUCSP e Mestre em Comunicação - Cásper Líbero

Referências

ANDERSON, Benedict. Comunidades Imaginadas. Editora 70, 2005.

APPADURAI, Arjun. Disjuncture and Difference in the Global Cultural Economy. In Featherstone (Ed.) Global Culture: Nationalism, Globalization and Modernity. London: Sage, 1990.
__________________. Soberania sem Territorialidade. Revista Novos Estudos CEBRAP, n. 49, Nov./97. Tradução de Heloísa Buarque de Almeida.

BAUDRILLARD, J. Simulacres et Simulation. In LEMOS, André. Cibercultura, Tecnologia e Vida Social na Cultura Contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

BOURDIEU, Pierre. O Campo Científico. In: ORTIZ, Renato. Pierre Bourdieu. São
Paulo: Ática, 1983. p. 122-155.

CAILLOIS, Roger. Man, play and games. Champaign, EUA: University of Illinois Press, 1958/2001.

CASTELLS, Manuel. A Galáxia da Internet. Reflexões sobre a Internet, os Negócios e a Sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003.

CASTRONOVA, Edward. Synthetic Worlds: the business and culture of online games. Chicago: University of Chicago Press, 2005.

CORRÊA, Cynthia Harumy Watanabe. Interação social da comunidade científica no ciberespaço: estudo da lista de discussão ABRH - Gestão Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005.

GIDDENS, Anthony. As Conseqüências da Modernidade. São Paulo: UNESP, 1991.

HAESBAERT, Rogério. O Mito da Desterritorialização. Bertrand Brasil, 2004.

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

LEMOS, André. Cibercultura, Tecnologia e Vida Social na Cultura Contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

LEVI, Lucio. Governo. In: Bobbio, Norberto; Matteucci, Nicola; Pasquino, Giofranco.
Dicionário de Política, Volume 1. São Paulo: Imprensa Oficial, 2000

LEVY, Pierre. O que é o virtual? Editora 24, 1996.

MAFFESOLI, M. No fundo das aparências. Petrópolis: Vozes. 1996.

ORTIZ, Renato. Um outro Território. Ensaios sobre a Mundialização. São Paulo: Olho D’Água, 1999.

SIQUEIRA, Holgonosi Soares Gonçalves. Multiculturalismo: tolerância ou respeito pelo Outro. A Razão. 26/06/2003.

VIRILIO, Paul. Estratégia da Decepção. Ed. Estação Liberdade, 2000.

Sites

CAVA, Bruno. Fundamentos da Realidade Micronacional. 2004 Disponível em:
http://www.reuniao.org/arn/bruno2.htm%20 Acesso em 03/05/2010

GÓES, Carlos; GARCIA, Raphael. Relações Intermicronacionais. Livro um: Conceitos. Fundação Teobaldo Sales, 2007. http://pasargada.ning.com/forum/attachment/download?id=2163267%3AUploadedFi38%3A1608; Acesso em 02/08/2010

LEMOS, André. Agregações Eletrônicas ou Comunidades Virtuais? Análise das listas
Facom e Cibercultura. 2002. Disponível em:
http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/agregacao.htm. Acesso em: 22/05/2010

RECUERO, Raquel da Cunha. Comunidades Virtuais: uma abordagem teórica. In:
SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE COMUNICAÇÃO, 5., 2001, Porto Alegre. Disponível em: http://www.pontomidia.com.br/raquel/teorica.pdf. Acesso em: 15/05/2010
_______________. Weblogs, Webrings e Comunidades Virtuais. Revista 404notfound –Revista Eletrônica do grupo Ciberpesquisa. Edição 31, agosto de 2003. Disponível em http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/404nOtF0und/404_31.htm. Acesso em:11/08/ 2010

RHEINGOLD, Howard. The Virtual Community. 1998. Disponível em:
http://www.rheingold.com/vc/book/. Acesso em: 10/05/2010

SILVA, Michéle Tancman Cândido da. A Territorialidade do Ciberespaço. Disponível em: http://www.tamandare.g12.br/ciber/territoriovirtual.PDF. Acesso em: 08/08/2010
Publicado
2012-12-27
Como Citar
GARCIA, Raphael Tsavkko. Do Local ao Ciberespaço : Uma introdução ao Micronacionalismo. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 10, p. 209-222, dec. 2012. ISSN 2316-3852. Disponível em: <http://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/129>. Acesso em: 26 jan. 2020. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i10.129.

Palavras-chave

Micronação; Comunidade Virtual; Desterritorialização; Micronacionalismo