As estratégias utilizadas no ensino da língua inglesa no pós-método para nativos e imigrantes digitais

  • Maria de Fátima Gomes Sanches ENIAC-SP

Resumo

A análise das estratégias utilizadas no ensino da língua inglesa no pós-método para nativos e imigrantes digitais foi uma investigação que exigiu um criterioso olhar sobre um período de atividades práticas. Neste tempo se observou a reação de aprendizagem dos alunos diante da técnica. Investigou-se se houve maior aquisição do idioma nos alunos submetidos a esse metodo comparado com os alunos de outros processos. Diante da hipótese de que há mudança mais significaticava nos alunos inseridos neste método buscou-se um comparativo para constatar ou negar a assertividade suposta. A proposta do método  tem a pretensão de melhorar o ensino de uma segunda língua, neste caso a língua inglesa, para nativos e imigrantes digitais de uma forma mais eficaz em um tempo otimizado. A proposta afirma que o aluno  desenvolverá as quatro habilidades: ouvir, falar, ler e escrever. Isso sem desconsiderar as diferentes habilidades e capacidades de cada aluno em sua diversidade. A aplicação das estratégia vem se repetindo atenta ao seu alcanse de aprendizagem. O ensino com essa prática para a aquisição da língua estrangeira tem afirmado atingir os melhores resultados no aprendizado de um contingente significativo de forma generalizada.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Mestre em Direito Internacional pela Universidade Católica de Santos, professor das Faculdades Integradas Campos Salles

Referências

1. ALMEIDA Filho, J. C. P. Dimensões comunicativas no Ensino de Línguas. Campinas, Pontes, 1993.
2. ALMEIDA Filho, José Carlos Paes de. Linguística aplicada – Ensino de línguas e comunicação. 2ed. Campinas: Pontes e ArteLíngua, 2007.
3. BROWN H. D. and Wesley, Addison. Teaching by Principles. White Plains, NY: LONGMAN, 2001.
4. CELCE-MURCIA, M. Teaching English as a Second or Foreign Language. Third Edition. London, Heinle Heinle – Thomson Leraning, 2001.
5. DAVIES, P and Pearse, E. Success in English Teaching. New Yorl, USA: OXFORD, 2000.
6. GREGORY, John Milton. As sete leis do ensino. Boston MA: Congregação da Escola Dominical e Sociedade Publisshing; 1886.
7. GREGORY, John Milton. Ensinando para transforrmar vidas. Ed Betania 1ª. Ed. Belo Horizonte MG. 1991
8. GUIMARÃES, R. Teaching Light Teaching Better. São Paulo: SENAC, 1997.
9. KUMARAVADIVELU, B. Toward a Postmethod Pedagogy. TESOL Quarterly. Vol. 35, No. 4. 2001.
10. PRABHU, N. S. There is no best method Why? TESOL Quarterly, V. 24, 1994.
11. PRENSKY, Marc. Digital Natives, Digital Immigrants. On the Orizon, NCB University Press, Vol. 9 No. 5, October 2001.
12. RICHARDS, J. C. and Rodgers, T. S. Approaches and methods in Language Teaching. NY, USA: CAMBRIDGE, 2001.
13. ALMEIDA Filho, J. C. P. Dimensões Comunicativas no Ensino de Línguas. Campinas, Ed. Pontes, 1993.
14. KRASHEN, S. D. Principle and Practice in Second Language Acquisition. Oxford: Pergamon Press, 1982.
Publicado
2013-06-27
Como Citar
SANCHES, Maria de Fátima Gomes. As estratégias utilizadas no ensino da língua inglesa no pós-método para nativos e imigrantes digitais. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 11, p. 50-57, june 2013. ISSN 2316-3852. Disponível em: <http://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/151>. Acesso em: 02 apr. 2020. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i11.151.

Palavras-chave

Estratégias; Ensino da língua inglesa; pós-método; Nativos e imigrantes digitais