Planejamento Tributário

Uma Contribuição ao seu Entendimento Prático

  • Marco Aurélio Batista de Sousa, Prof. Dr. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Fabricio Souza dos Santos UFMS
  • Yuri Aquino UFMS
  • Nilton Cezar Carraro, Prof. Dr. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Silvio Paula Ribeiro UFMS

Resumo

Este artigo tem como objetivo destacar a eficiência do planejamento tributário, por meio da opção definida como Simples Nacional em comparação ao Lucro Presumido. Para tanto, inicialmente versa a respeito das motivações alinhando questões pertinentes à pesquisa à revisão teórica, a qual deu o suporte ao desenvolvimento prático do trabalho. Em seguida, utilizou-se do estudo exploratório por meio de estudo de caso realizado em uma empresa de pequeno porte do setor de serviços instalada no município de Andradina, Estado de São Paulo. Como resultado deste estudo verificou-se que ao utilizar-se do Simples Nacional a empresa obteve uma economia de R$ 24.312,49 em comparação com o Lucro Presumido.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Três Lagoas. E-mail: mcbsousa@bol.com.br

##submission.authorWithAffiliation##

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Três Lagoas. E-mail: fabricio_fss77@hotmail.com

##submission.authorWithAffiliation##

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Três Lagoas. E-mail: yuri_ly4e@hotmail.com

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Engenharia da Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba. Professor do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Três Lagoas. E-mail: nilton.carraro@ufms.br

 

##submission.authorWithAffiliation##

Doutorando em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Professor do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Três Lagoas.

Referências

BARCELLOS, S. H.; ASSUNÇÃO, J. J.; WENECK, R. L. F. Tributação e a organização dos prestadores de serviços no Brasil. Texto para discussão n. 501. PUC RJ 2005. Departamento de economia. Disponível em: HTTP://www.econ.puc-rio.br/PDF/TD501. pdf. Acesso em: 20/12/2014.
BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social). Porte da Empresa. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/porte.html. Acesso em 24 de setembro de 2014.
BOLETIM SEBRAE. Fuja da Mortalidade, profissionalizando a Gestão Financeira da Empresa. Disponível em: http://www.sebraemercados.com.br/. Acesso em 04 de junho de 2014.
BRASIL. Lei Complementar nº. 123, de 14 de dezembro de 2006. Disponível em: http://www. receita.Fazenda.gov.br/Legislacao/LeisComplementares/2006/leicp123.htm. Acesso em 04 de junho de 2014;
BRASIL. Lei nº. 5.172, de 25 de outubro de 1996. Código Tributário Nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l5172.htm. Acesso em 06 de junho de 2014.
BRASIL. Lei nº. 6404, de 15 de dezembro de 1976. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil _03/leis/l6404consol.htm. Acesso em 24 de setembro de 2014.
BRASIL. Lei nº. 7.689, de 15 de dezembro de 1988. Disponível em:http://www.planalto.gov.br /ccivil_03/leis/L7689.htm. Acesso em 23 de junho de 2014.
BRASIL. Lei nº, 9.430 de 27 de dezembro de 1996. Disponível em: http://www.receita.fazenda.gov.br /Legislacao/leis/Ant2001/lei943096.htm. Acesso em 10 de junho de 2014.
BRASIL. Lei nº. 9.718, de 27 de novembro de 1998. Disponível em: http://www.receita.fazenda.gov.br/legislacao/leis/ant2001/lei971898.htm
. Acesso em 10 de junho de 2014.
CASAGRANDE, M. D. H. Jogo de empresa na prática de ensino de contabilidade tributária. 2006. 144 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis-SC. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/. Acesso em 06 de janeiro de 2014.
CASAGRANDE, M. D. H; ELOY JR, A. C. C; SOARES, S. V. A produção científica brasileira sobre contabilidade tributária em periódicos e eventos no período de 1989-2011. Revista de Contabilidade e Controladoria. Universidade Federal do Paraná, Curitiba, v. 6, n.1, p. 89-102, jan./abr. 2014. Acesso em 10 de outubro de 2014.
FABRETTI, L. C. Contabilidade Tributária. 11ª ed. São Paulo: Atlas, 2009.
FARIA, A. N. Organização de Empresas: Previsão, Planejamento e Implantação. 5ª ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora, 1977.
GALLO, M. F.; LOPES, L. H.; MEGLIORINI, E.; PETERS, M. R. S. O Simples Nacional provoca o recolhimento de tributos sobre a Renda nas Micro e Pequenas Empresas mesmo que elas tenham prejuízo. In: XI CONGRESO INTERNACIONAL DE COSTOS Y GESTIÓN, 2009, Trelew, Argentina. Anais... do XI CONGRESO INTERNACIONAL DE COSTOS Y GESTIÓN, 2009.
JANUZZI, L.; ALMEIDA, M. R.; CASTRO, P. N.; AMARAL, S. C.; NASCIMENTO, T. A.; BARROS, V. C. Planejamento Tributário. Revista Contabilidade, Gestão e Governança. Brasília, v. 3, n. 2, p. 49-72. 2000. Disponível em: http://www.cgg-amg.unb.br/index.php/contabil/article/view/137/pdf_33. Acesso: 04 de novembro de 2014.
MARTINS, G. A. Estudo de Caso: Uma Estratégia de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2006.
MARTINS, S. P. Manual de Direito Tributário. 10ª ed. São Paulo: Atlas, 2011.
NAZÁRIO, N. S; MENDES, P. C. M.; AQUINO, D. R. B. Percepção dos discentes quanto à importância do conhecimento em contabilidade tributária em instituições de ensino superior do Distrito Federal: Um estudo empírico. Revista Universo Contábil. Blumenau, v. 4, n. 3, p. 64-81, jul./set. 2008. Disponível em http://proxy.furb.br/. Acesso em 06 de janeiro de 2014.
OLIVEIRA, L. M.; CHIEREGATO, R.; PEREZ JUNIOR, J. H.; GOMES, M. B. Manual de Contabilidade Tributária. 11ª ed. São Paulo: Altas, 2012.
RIBEIRO, A. E. L.; MÁRIO, P. C. Utilização de Metodologias de Reestruturação Societária como Ferramenta de Planejamento Tributário: um Estudo de Caso. Revista Contabilidade Vista e Revista, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, v. 19, n. 4, p. 107-128, out./dez., 2008. Disponível em: http://web.face.ufmg.br/face/revista /index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/370. Acesso: 04 de novembro de 2014.
RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: atlas, 2002.
SANTOS, E. P.; YOSHIURA, E. I. K.; SANTOS, C. C.; GALLO, M. F. Gestão tributária aplicável às microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) prestadoras de serviços: estudo comparativo da carga tributária do simples nacional versus lucro presumido. In: XIX SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 2012, Bauru. Anais... XIX SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 2012.
SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas). Critérios de Classificação de Empresas: EI, ME e EPP. Disponível em: http://www.sebrae-sc.com.br/leis/default.asp?vcdtexto=4154. Acesso em 24 de setembro de 2014.
SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. Simples Nacional – Perguntas e respostas. Disponível em: http://www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional/perguntas/perguntas. aspx. Acesso: 06 de junho de 2014.
Publicado
2017-12-31
Como Citar
SOUSA, Marco Aurélio Batista de et al. Planejamento Tributário. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, v. 1, n. 20, p. 185-198, dec. 2017. ISSN 2316-3852. Disponível em: <http://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/615>. Acesso em: 22 july 2018. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i20.615.