UMA REVISÃO DE LITERATURA DO SETOR DE RECURSOS HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES

SUAS DIFICULDADES E INOVAÇÕES

  • mariete bezerra da silva mariete mariete bezerra da silva fametro

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar a importância da área de  Recursos Humanos, suas dificuldades e inovações dentro das organizações, de acordo com os dados obtidos em pesquisas bibliográficas, livros e revistas eletrônicas, que tem por intuito identificar alternativas de  estratégia para o crescimento das empresas. Para tanto o modelo teórico estudado se apresenta como ferramenta para miniminar as dificuldades que o RH enfrenta, em meio às constantes mudanças e inovação. Os resultados do esperado e que o colaborador realmente vista a camisa da empresa e juntos cresçam, pois assim os dois lados serão beneficiados.

Referências

. REFERÊNCIAS
ALMEIDA, M. I. R.; TEIXEIRA, M. L. M.; MARTINELLI, D. P. Por que administrar estrategicamente recursos humanos? Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 33, n.2, p.12-24, mar./abr.1993. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rae/v33n2/a03v33n2.pdf>. Acesso em: 30 Maio. 2017
CAMPOS, D. C. de. Atuando em psicologia do trabalho, psicologia organizacional e recursos humanos. [Reimpr.]. – Rio de Janeiro: LTC, 2016.
CHIAVENATO, I. Recursos humanos: o capital humano das organizações. 9 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.
DUTRA, J.S. Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências, e perspectivas. São Paulo : Atlas 2011.
DAVILA T. ESPSTEIN, M.J. E SHELTON, R. As regras da Inovação: Bookmam. 2008.
FLEURY, M. T. L. (org.). As pessoas na organização. 9 ed. São Paulo: Gente, 2002.
FISCHER, A. L. Um resgate conceitual e histórico dos modelos de gestão de pessoas. In As pessoas na organização. São Paulo: Editora Gente, 2002.
________. Gestão de pessoas. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.
GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.
GIL, A. C. Gestão de pessoas: enfoque nos papeis profissionais. São Paulo Atlas 2001.
________. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas, 2001.
GONÇALVES, M. M. S. Gestão de recursos humanos como um diferencial competitivo. . In: ECX CARD. Recursos Humanos: Coletânea de artigos, Livro II, Belo Horizonte: ECX Card, 2012.
IVANCEVICH, J. M. Gestão de recursos humanos. Porto Alegre: AMGH, 2011.
LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 5-ed. -São Paulo : Atlas 2003.
LUZ, Ricardo. Gestão do Clima organizacional. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2003.
MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à Administração. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2004
MEIRA, A. Gestão de pessoas e feedback: o desafio da liderança moderna. In: ECX CARD. Recursos Humanos: Coletânea de artigos, Livro II, Belo Horizonte: ECX Card, 2012.

REGATO, V. C. Psicologia nas organizações. 4. ed. – [Reimpr.]. – Rio de Janeiro: LTC, 2016.
TIDD, J. BESSANT, J. PAVITT, K. Managing innovation: integrating technological, market and organizational change. West Sussex, UK: John Wiley & Sons, 2005.
RICARDO XAVIER. Gestão de Pessoas na Prática. São Paulo, 2006.
SOVIENSKI, F E STIGAR. Recursos Humanos x Gestão de pessoas. Revista cientifica de Administração. R . 2008.
UFTPR, Goiorê, 2011. Disponível em: < http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1215>. Acesso em: 01 de Junho 2017
ZANCHETTIN, V. O papel do departamento de recursos humanos no planejamento estratégico municipal. 2011. 48 p. Monografia (Pós-Graduação em Gestão Pública Municipal) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná –
https://www.portalcdr.com.br/colunasDetalhes.php?id=280. Acesso em 08 de setembro 2018. a
Publicado
2018-12-31
Como Citar
MARIETE BEZERRA DA SILVA, mariete bezerra da silva mariete. UMA REVISÃO DE LITERATURA DO SETOR DE RECURSOS HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, v. 1, n. 22, p. 79-86, dec. 2018. ISSN 2316-3852. Disponível em: <http://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/785>. Acesso em: 25 may 2019. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i22.785.