Auditoria Interna x Auditoria Externa

  • Manuel dos Santos Leitão FICS - Faculdades Integradas Campos Salles
  • Agnes de Souza Marques FICS
  • Barbara Cristina da Silva Lins FICS
  • Beatriz Farias de Souza FICS
  • Paula Thamires Gomes da Silva FICS
  • Solange Gonçalves da Silva FICS

Resumo

O artigo abordou a relação de trabalho entre a Auditoria Interna e a Auditoria Externa, com objetivo principal de analisar se o auditor interno contribui no desenvolvimento do trabalho do auditor externo, demonstrando a importância das duas Auditorias, suas diferenças e principais características, contribuindo para que os estudantes de contabilidade e as empresas percebam como a integração da Auditoria Interna para com a Auditoria Externa traz benefícios no controle de processos, análise das demonstrações contábeis e na tomada de decisões administrativas. Para realizar esse artigo utilizou-se como método a pesquisa bibliográfica em livros, artigos, referências eletrônicas e a pesquisa de campo com um questionário de quatorze questões para identificar a opinião das empresas e dos próprios auditores sobre a relação de trabalho entre ambas as Auditorias. No âmbito da pesquisa de campo percebeu-se que as empresas destacam a importância da Auditoria Interna e a Auditoria Externa e que a relação entre elas deve existir para que haja eficácia nos processos, porém cada auditoria deve se dedicar a cumprir seu objetivo, a Interna atendendo as necessidades da administração e controle interno, e a Externa certificando a veracidade dos fatos, auxiliando no controle de registros e validação das informações contábeis verificando se refletem a posição atual da entidade. Por fim, os resultados obtidos neste artigo mostraram que a existência de uma Auditoria não descarta a existência da outra, elas se complementam.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre, Coordenador e Professor do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas Campos Salles.

Referências

ATTIE, Wiliam. Auditoria Interna. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 286 p.
_______. Auditoria Conceitos e aplicações. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2011. 677 p.
BRASIL. Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976. Dispõe sobre o mercado de valores mobiliários e cria a Comissão de Valores Mobiliários. Disponível em:
. Acesso em: 08 abr. 2017
CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Normas brasileiras de contabilidade. Resolução n° 1229, de 2009. Aprova aNBC TA 610: Utilização do trabalho de auditoria interna. Disponível em: .pdf >. Acesso em: 11 mar. 2017.
CREPALDI, Silvio Aparecido; CREPALDI, Guilherme Simões. Auditoria Contábil: teoria e prática. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2016. 938 p.
FRANCO, Hilário; MARRA, Ernesto. Auditoria Contábil. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2001. 610 p.
LONGO, Claudio. Manual de Auditoria e Revisão de Demonstrações Financeiras. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2015. 454 p.
Publicado
2018-12-31
Como Citar
LEITÃO, Manuel dos Santos et al. Auditoria Interna x Auditoria Externa. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, v. 1, n. 22, p. 203-220, dec. 2018. ISSN 2316-3852. Disponível em: <http://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/818>. Acesso em: 19 july 2019. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i22.818.