As Crises Econômicas e o Segundo Império

  • Luiz Eduardo Simões de Souza

Resumo

Este texto aborda aspectos da economia do Segundo Império (1840-1889) da perspectiva das crises económicas por ele enfrentadas. De fato, as crises económicas do Império brasileiro podem ser classificadas em duas categorias: as exógenas e as endógenas. Uma economia agroexportadora, com uma cesta reduzida em variedade de produtos ao comércio exterior sofreria efeitos cíclicos das crises do capital, à época em processo de internacionalização via Império britânico. Os próprios ciclos de produção e comercialização do café sofreriam com os desajustes cíclicos da economia internacional.

##submission.authorBiography##

Luiz Eduardo Simões de Souza
Mestrando em História Econômica - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Bacharel em História/USP. Professor do curso de Ciências Econômicas das Faculdades Integradas "Campos Salles".

Referências

BARBOSA, Wilson do Nascimento. A Crisálida: aspectos histórico-económicos da escravidão no Brasil. 1994. Tese (LivreDocência). Departamento de História, Universidade de São Paulo, São Paulo.
BARBOSA, Wilson do Nascimento. Uma Teoria Marxista dos Ciclos Econômicos, in COGGIOLA. Osvaldo. Marx e Engels na História. São Paulo: Humanitas, 1996.
CALÓGERAS, João Pandiá. A Política Monetária do Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1960.
FURTADO, Celso. Formação Económica do Brasil. 9. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1969 (1959).
HOLANDA, Sérgio Buarque de (org.). História da Civilização Brasileira. São Paulo: Bertrand, v.5 e v.7, 1984.
LIMA, Heitor Ferreira. História do Pensamento Económico Brasileiro. Rio de Janeiro: Companhia Editora Nacional, 1976.
NETTO, Antonio Delfim, O Problema do Café no Brasil. 1955. Tese (Doutorado)- Faculdade de Economia e Administração, Universidade de São Paulo, São Paulo.
PRADO JÚNIOR, Caio, História Económica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 9. ed., 1981 (1945).
Relatórios do Ministro da Fazenda, vários anos.
Revista de História da Economia Brasileira, número 1, 1953.
SOUZA, Luiz Eduardo Simões de. A Indústria Brasileira Nasceu Grande? Revista Controversa, São Paulo, n. 20, FEA-USP, abr. 2000.
Como Citar
SOUZA, Luiz Eduardo Simões de. As Crises Econômicas e o Segundo Império. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 4, p. 66-76, aug. 2012. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/106>. Acesso em: 23 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v0i4.106.