Pedagogia Oriental: corpo e educação

  • Chie Hirose

Resumo

O artigo compara a educação oriental com certas práticas do Oriente, ignoradas por nossa pedagogia. O Ocidente, sobretudo na época moderna, tende a um fragmentarismo, a uma cisão espírito/corpo, que remete a um desmedido afã de clareza no pensamento. E a grande ruptura que o moderno pensamento ocidental instituiu deu-se precisamente em torno à concepção de corpo. Já o Oriente, que “pensa” com o corpo, valoriza os ritos e as cerimônias.

##submission.authorBiography##

Chie Hirose

Doutora pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Professora das Faculdades Integradas “Campos Salles”. Professora da rede municipal de São Paulo. E-mail: hirosec@hotmail.com

Publicado
2012-07-19
Como Citar
HIROSE, Chie. Pedagogia Oriental: corpo e educação. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 9, p. 24-30, july 2012. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/22>. Acesso em: 21 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i9.22.

Palavras-chave

Corpo e Educação; Orientes e Ocidente; Cerimônias