Espaço Público Urbano E O Uso Da Mídia – Um Estudo De Caso Sobre Uma Praça

  • Sueli Ferreira Schiavo UNIP / FICS

Resumo

Neste texto elabora-se uma reflexão teórica a partir de um estudo de caso relacionado à forma

como foi percebido o uso de um espaço público urbano. O estudo se deteve sobre uma praça

localizada em um bairro da região metropolitana de São Paulo. O conflito entre interesses de

diferentes grupos sociais se refletiu na perda de sentido e significados em um determinado

período de tempo. Entende-se que na contemporaneidade o exercício da cidadania está limitado

e há grande incentivo ao uso de aparatos tecnológicos o que tem promovido maior isolamento

entre as pessoas. Considera-se sobre a possibilidade de diferentes questões ligadas à comunicação

e à sociabilidade incidirem na apropriação sobre o uso e a funcionalidade do espaço público

dentro de um modelo de lógica produtiva. Fundamentou-se principalmente na visão crítica dos

autores como Edgar Morin, Harry Pross e Milton Santos.

Referências

ABRAHÃO, Sérgio Luís. Espaço público:

do urbano ao político, Ed. Annablume,

2008.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana,

Forense Universitária, 2007.

_______. A vida do espírito, Relume

Dumará, RJ, 2000.

BAITELO JR, Norval. Comunicação,

Mídia e Cultura. Artigo em São Paulo em

Perspectiva, 12(4) 1998.

______. O animal que parou os relógios

– ensaios sobre a comunicação, cultura e

mídia, Annablume Ed., 2003.
_______, BARRETO, José Roberto.

Comunicação e os ritos do calendário –

entrevista com Harry Pross, CISC, 1992.

ELIAS, Norbert. Condição Humana.

Editora Bertand Brasil, 1985.

HALL, Edward T. La dimensión oculta,

Siglo XXI editores. 2003.

LEFEBVRE, Henri. A vida cotidiana no

mundo moderno. São Paulo: Ed. Ática,1980.

MARTÍN-BARBÉRO, Jesus. Dos meios

às mediações – comunicação, cultura e

hegemonia. Rio de Janeiro: Editora UFRJ,

1997.

MENDONÇA, Carlos Magno Camargos.

Entrevista com Vicente Romano: A procura

por uma vida livre. Algumas notas sobre

a antropologia simbólica de Harry Pross.

Artigo. Revista Ghrebh, v. 2, n. 12, 2008.

MORIN, Edgar. Da Necessidade de um

Pensamento Complexo. In. Org. Martins,

Francisco Menezes e Silva, Juremir Machado

da - Para Navegar no Século XXI – 3a ed.

Porto Alegre: Sulina/Edipucrs, 2003.

_______. A cabeça bem-feita, Editora

Bertand Brasil, 2003.

PROSS, Harry. La violência de los simbolos

sociales, Editorial Anthropos, 1989.

SANTOS, Milton. Metamorfoses do

Espaço Habitado, fundamentos teórico e

metodológico da geografia. Hucitec.São

Paulo 1988.

_______. Pensando o Espaço do Homem,

Edusp, 5a ed., 2007.

SOUZA, Charles Benedito Gemaque.

A contribuição de Henri Lefèbvre para

reflexão do espaço urbano da Amazônia.

Arquivo eletrônico disponível em


5633#tocto1n2>. Acesso em 22.11.2011.
Publicado
2014-10-27
Como Citar
SCHIAVO, Sueli Ferreira. Espaço Público Urbano E O Uso Da Mídia – Um Estudo De Caso Sobre Uma Praça. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 13, p. 21-29, oct. 2014. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/230>. Acesso em: 23 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i13.230.

Palavras-chave

praça; conflito; urbano; espaço; público