Prevendo os efeitos da mudança de produto em uma pequena empresa: eco-eficiência e produtividade global

  • Nilson Carvalho UNIP

Resumo

A ideia de avaliar produtos sob a perspectiva de cadeia de suprimentos para auxiliar na redução do impacto ambiental e socioeconômico associados à manufatura foi recentemente reconhecida. No entanto, não há estudos considerando os vários tipos de pequenas empresas que surgem na esfera de influência das grandes cadeias de abastecimento, a fim de preencher as lacunas ou servir clientes com necessidades especiais. Estas pequenas empresas que, em geral, não têm nenhuma influência sobre as decisões tomadas ao longo da cadeia de abastecimento, têm que adaptar seus processos de produção de acordo com as decisões tomadas pelas empresas líderes da cadeia. Este trabalho avalia a mudança de produto, com consequentes mudanças no uso de recursos ambientais e energia, de uma pequena empresa que opera no mercado brasileiro de reposição automotiva, usando síntese em emergia e confirma a ideia de que ações na cadeia de suprimentos principal podem ter efeitos benéficos. A simulação realizada para o período 2014-2025, dentro do plano de negócios da empresa, mostra que quanto mais cedo a troca de produtos for feita, maior será o lucro da empresa, maior a economia de recursos e energia e, portanto, maior sua eco-eficiência.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Nilson Carvalho, B. F. Giannetti, F. Agostinho and C. M.V.B. Almeida. São mestrandos no Programa de Pós – Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Paulista. Rua Dr Bacelar 1212, Mirandópolis, 04026-002 - São Paulo, Brasil

Referências

ALMEIDA, C.M.V.B., MADUREIRA, M.A., BONILLA, S.H., GIANNETTI, B.F., (2013). Assessing the replacement of lead in solders: effects on resource use and human health. Journal of Cleaner Production, Volume 47, 457-464.
CAMPBELL, E.T., TILLEY, D.R., (2014). The eco-price: How environmental emergy equates to currency. (2014). Ecosystem Services, Volume 7, 128–140.
CAO, K., FENG, X., (2007). The Emergy Analysis of Multi-Product Systems Trans IChemE, Part B, Process Safety and Environmental Protection, 85 (B5): 494-500.
DEMÉTRIO, J.F.C. (2011). Emergy Environmental Sustainability Assessment of Brazil, Ph. D.dissertation. Universidade Paulista, São Paulo, Brazil (in Portuguese). ?http://www3.unip.br/ensino/pos_graduacao/strictosensu/lab_producao_meio ambiente/realizações academicas.aspx#ra4, último acesso em Setembro (2013).
GENG, Y., ZHANG, P., ULGIATI, S., SARKIS, J., (2010). Emergy analysis of an industrial park: The case of Dalian, China Science of the Total Environment 408, 5273-5283.
GIANNETTI, B.F., BONILLA, S.H., SILVA, I.R., ALMEIDA, C.M.V.B., (2008). Cleaner production practices in a medium size gold-plated jewelry company in Brazil: when little changes make the difference Journal of Cleaner Production 16,1106 e 1117.
MU, H., FENG, X., CHU, KH., (2011). Improved emergy indices for the evaluation of industrial systems incorporating waste management Ecological Engineering 37, 335–342.
ODUM, H.T., (1996), Environmental Accounting: Emergy and Environmental Decision Making. John Wiley & Sons, New York p. 370.
ODUM, H.T.,ODUM, E.P., (2000).The energetic basis for valuing eco system services.
Publicado
2014-12-26
Como Citar
CARVALHO, Nilson. Prevendo os efeitos da mudança de produto em uma pequena empresa: eco-eficiência e produtividade global. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 14, p. 203-213, dec. 2014. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/247>. Acesso em: 21 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i14.247.

Palavras-chave

emergia; aftermarket automotivo; uso de recursos; eco-preço