MODELAGEM MATEMÁTICA E HIDRODINÂMICA DO SISTEMA DE ACOPLAMENTO MAREMOTRIZ-GERADOR

  • Leonardo da Costa Simão ENIAC
  • Alessandro Pontual de Oliveira ENIAC
  • Sérgio Fernandes de Freitas ENIAC
  • João Carlos Lopes Fernandes ENIAC

Resumo

As necessidades mundiais por energia têm tomado a atenção de diversos cientistas, pesquisadores, empresas de diversos setores, entidades regulamentadoras e o público em geral a estarem atentas e cobrarem por energias que não intensifiquem os problemas do clima e venham a minimizá-lo. É sabido que os combustíveis fósseis estão se esgotando e diversas medidas mundiais envolvendo compromissos e metas governamentais estão sendo firmadas para que a geração de energia, que emitem toneladas de gases nocivos ao planeta, também venham a ser substituídos por aplicações que utilizem energias renováveis. Este trabalho traz como objetivo o modelamento matemático de um conceito da tecnologia maremotriz, onde será modelado uma boia que, com movimentos verticais, excita magnetos e deste podendo gerar energia elétrica. O projeto em questão traz comparativos entre diversas fontes de energias renováveis dando ênfase a extração desta por movimento das marés e este trabalho procura, através do modelamento matemático de uma boia, mostrar como dimensionar e como a mesma pode ser capaz, através de movimentos verticais, resolver o problema da obtenção de energia para conversão em eletricidade. E para demonstrar a viabilidade das usinas deste tipo de conceito é informado os custos de implantação, operação e manutenção dos sistemas, mas também as dificuldades, vantagens e desvantagens de se estabelecer a extração de energia das marés. Os desafios econômicos também são consideráveis quando se insere a manutenção do meio ambiente que, a princípio, torna-se grande causadora de problemas devido aos vários tipos de licença e autorizações para implantar as usinas maremotrizes, mas também benéfica em vários momentos. Através do modelamento matemático deste trabalho, pode-se concluir que o aproveitando diversas ciências, como a movimentação das massas de ar e água, monitoramento das marés, é possível estabelecer um sistema que capte a energia das ondas e as transforme em energia elétrica.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Bacharelando em Engenharia Mecatrônica pela Faculdade Eniac e Técnico em Administração
##submission.authorWithAffiliation##
Bacharelando da Faculdade de Tecnologia Eniac FAPI em Engenharia Mecatrônica
##submission.authorWithAffiliation##
Professor da da Faculdade de Tecnologia Eniac FAPI
##submission.authorWithAffiliation##
Doutor em engenharia e pesquisador da Faculdade de Tecnologia Eniac FAPI

Referências

ALVES, J.E.D. Desinvestimento em combustíveis fósseis e o fim dos subsídios. In: ECO Debate-Cidadania & Meio Ambiente. 2015. Disponível em: http://www.ecodebate.com.br/2015/06/05/desinvestimento-em-combustiveis-fosseis-e-o-fim-dos-subsidios-artigo-de-jose-eustaquio-

BERGMAN, T et al. Fundamentos de transferência de calor e de massa. 7 ed. RIO DE JANEIRO. LTC, 2015. 486p.

BERNARDES, M. Energia renovável: usinas maremotrizes. In: PINI-Blogs. 2015. Disponível em: http://blogs.pini.com.br/posts/tecnologia-sustentabilidade/energia-renovavel-usinas-maremotrizes-344851-1.aspx. Acesso em 10/09/2015.
BONAFIM, R. Marés de sizígia podem atingir a orla de Santos. In: Apollo 11.com. 2014. Disponível em: http://www.apolo11.com/minhanoticia.php?noticia=Mares_de_sizigia_podem_atingir_a_orla_de_Santos&posic=dat_20140525-192931.inc. Acesso em: 27/08/2015

BRANCO, F.J.C. Sistema de Aproveitamento da Energia das Ondas Oceânicas. Tese (Especialização em Sistemas de Energia e Controlo). 2013. Universidade do Algarve. Portugal. Disponível em: https://sapientia.ualg.pt/bitstream/10400.1/3691/1/Projeto-Fabio_Branco-Sistema%20de%20Aproveitamento%20da%20Energia%20d.pdf. Acesso em 29/08/2015.

Características do sistema Pelamis para energia das ondas. In: Portal Energia – Energia Renováveis. 2012. Disponível em: http://www.portal-energia.com/caracteristicas-do-sistema-pelamis-para-energia-das-ondas/. Acesso em: 07/09/2015.

CHRISTENSEN, L; KOFOED, J.P; TED, J. Wave Dragon, World largest wave energy project 2007 in wales. 2007. Disponível em: http://pt.slideshare.net/e.friismadsen/wave-dragon-project-in-wales-powergen-2006d. Acesso em 07/09/2015.

Concluding instalment of the Fifth Assessment Report: Climate change threatens irreversible and dangerous impacts, but options exist to limit its Effects. In: IPCC – Intergovernmental Panel on Climate Change. 2014. Disponível em: https://www.ipcc.ch/pdf/ar5/prpc_syr/11022014_syr_copenhagen.pdf. Acesso em 03/09/2015.

COSTA, P.R. Energia Das Ondas Do Mar Para Geração De Eletricidade. 2004. 99f. Tese (Energia Oceânica. Universidade Federal do Rio de Janeiro, COPPE, RJ. Disponível em: http://www.oceanica.ufrj.br/intranet/teses/2004_mestrado_paulo_roberto_da_costa.pdf. Acesso em 07/09/2015.

CRUZ, J. M. B. P., SARMENTO, A. J. N. A. Energias das ondas: introdução aos aspectos tecnológicos, económicos e ambientais. Alfragide: Instituto do Ambiente, 2004. Disponível em: http://energiasrenovaveis.com/images/upload/Energias_ondas_Cruz_1.pdf. Acesso em 26/08/2015.

EDP. História da Energia. Disponível em http://www.edp.com.br/pesquisadores-estudantes/energia/historia-da-energia/Paginas/default.aspx. Acesso em 01/09/2015.

Enchufándonos a ese gigantesco generador que es nuestro mar (Escocia) . In: Nuestro Mar. 2007. Disponível em: http://www.nuestromar.org/noticias/ciencia_tecnologia_y_educacion11851_112007_enchufandonos_a_ese_gigantesco_generador_que_es_nuestro_mar_escocia. Acesso em 30/08/2015.

European Thematic Network in Wave Energy. Wave energy Utilization in Europe: Current Status and Perspectives. In: EESD. 2002. Disponível em: http://pt.calameo.com/read/00067241975c56d3f6d31. Acesso em 27/08/2015.

GODINHO, P.M.C. Energia das Ondas - Desenvolvimento de uma tecnologia de geração. 2010. Dissertação (Eletromagnética). Universidade da Beira Interior. Portugal. Disponível em: https://ubibliorum.ubi.pt/bitstream/10400.6/1910/1/impress%C3%A3o_final.pdf. Acessado em: 05/12/2015.

GOMES, M.N.; at al. Modelagem Computacional De Um Dispositivo Do Tipo Coluna De Água Oscilante Para A Costa De Rio Grande . In: Vetor. v.19, n.2, p. 58-73, 2009. Disponível em: http://www.seer.furg.br/vetor/article/viewFile/1720/859. Acesso em 07/09/2015.

GONÇALVES, W.M.; FEIJÓ, F.T.; ABDALLAH, P.R. Energia de ondas: aspectos tecnológicos e econômicos e perspectivas de aproveitamento no Brasil. Semengo, Rio Grande do Norte, III Semengo, 2008. Disponível em: http://www.semengo.furg.br/2008/17.pdf. Acesso em 10/10/2015.

Fundo Monetário Internacional. Crecimiento Dispar: Factores a corto y Longo Plazo. In: Perspectivas de la economía mundial. 2015. Disponível em: http://www.imf.org/external/spanish/pubs/ft/weo/2015/01/pdf/texts.pdf. Acesso em 02/09/2015

LEITE NETO, P.B; SAAVEDRA, O.R.; CAMLEO, N.J.; RIBEIRO, L.A.S.;FERREIRA, R,.N. Exploração de energia maremotriz para geração de eletricidade: aspectos básicos e principais tendênciasIngeniare. Revista chilena de ingeniería, vol. 19 N° 2, 2011, pp. 219-232. Disponível em: http://www.scielo.cl/scielo.php?pid=S0718-33052011000200007&script=sci_arttext#fig01. Acesso em: 26/08/2015.

MCCORMICK, M.E. Ocean engineering Mechanics with applications. Cambridge: Cambridge University Press, 2009.

OLIVEIRA, M.F. Consumo energético Mundial – O petróleo no cabaz energético do futuro. In: Galp Energia. 2013. Disponível em: http://www.apetro.pt/documentos/Galp.pdf. Acesso em: 03/09/2015.

Origem Do Petróleo. In: CEPA-USP. 1999. Disponível em: http://cepa.if.usp.br/energia/energia1999/Grupo1A/origem.html. Acesso em: 17/10/2015.

PATTO, C. O Enrolar das trepadeiras. In: Webventure. 2002. Disponível em: http://www.webventure.com.br/h/noticias/o-enrolar-das-trepadeiras/5878/pag/2. Acessado em 28/08/2015.

PIMENTEL, F. O fim da era do petróleo e a mudança do paradigma energético mundial: perspectivas e desafios para a atuação diplomática brasileira. BRASÍLIA, 2011. Fundação Alexandre De Gusmão. Disponível em: http://funag.gov.br/loja/download/838-Fim_da_Era_do_Petroleo_e_a_Mudanca_do_Paradigma_Energetico_Mundial_O.pdf. Acesso em: 02/09/2015.

RAMOS, B. Biomas; Climas; Massas de ar. 2015. Disponível em: http://pt.slideshare.net/BeatrizRamos19/geo-03. Acesso em: 26/08/2015

SESMIL, E.L.F Energia Maremotriz: Impactos Ambientais E Viabilidade Econômica No Brasil. 2013. 61 f. Dissertação (Maremotriz). Universidade Federal de Lavras, MG. Disponível em: http://repositorio.ufla.br/bitstream/1/4529/1/TCC_Energia%20maremotriz%3A%20impactos%20ambientais%20e%20viabilidade%20econ%C3%B4mica%20no%20Brasil. Acesso em 01/09/2015.
SERWAY, R.A.; JEWETT, JR, J.W. Princípios de física: movimento ondulatório e temodinâmica. Vol I. São Paulo. CENGAGE learning, 2008.

Statistical Review of World Energy. BP Statistical Review of World Energy. 2015. Disponível em: http://www.bp.com/en/global/corporate/about-bp/energy-economics/statistical-review-of-world-energy.html. Acesso em 03/09/2015.

Usina de ondas do Pecém está abandonada. In: Diário do Nordeste. 2014. Disponível em: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/usina-de-ondas-do-pecem-esta-abandonada-1.1112312. Acesso em 28/08/2015.

Wave energy - a concentrated form of solar energy. In: Wave Dragon. 2005. Disponível em: http://www.wavedragon.net/index.php?option=com_content&task=view&id=8&Itemid=16 Acesso em 30/08/2015.

WaveWatch III (WW3) Global Wave Model . In: ERDDAP. Disponível em: https://bluehub.jrc.ec.europa.eu/erddap/griddap/NWW3_Global_Best.html. 2009. Acesso em 30/08/2015.

While Interest in Tidal Power Surges Ahead, U.S. Lags Behind Europe in Experimentation & Implementation. In: VDOT-Virginia Departmant of Transportation. Research Synthesis Bibliography No. 24. 2009. Disponível em: http://vtrc.virginiadot.org/rsb/rsb24.pdf. Acesso em 28/08/2015.

World Energy Outlook. In: IEA-International Energy Agency. 2013. Disponível em: https://www.iea.org/publications/freepublications/publication/WEO2013_Executive_Summary_Portuguese.pdf. Acesso em 03/09/2015.
Publicado
2015-12-29
Como Citar
SIMÃO, Leonardo da Costa et al. MODELAGEM MATEMÁTICA E HIDRODINÂMICA DO SISTEMA DE ACOPLAMENTO MAREMOTRIZ-GERADOR. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, v. 2, n. 16, p. 269-293, dec. 2015. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/298>. Acesso em: 22 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v2i16.298.

Palavras-chave

Sistema de acoplamento. Modelo Matemático. Hidronânica. Gerador