Memória, cultura e poder na sociedade do esquecimento

  • Olga Rodrigues de Moraes Simson

Resumo

O artigo discute a memória como matéria prima para a pesquisa em diversas áreas das ciências sociais. Mostra as várias formas de memória existentes e seus papéis nos embates que a vida em sociedade ensejar. Apresenta as principais características do processo de rememorar, falando do poder que a função seletiva da memória representa. Coloca a importância que os idosos possuíam como guardiões da memória, papel hoje exercido de maneira profissional pelas instituições-memória. Mostra a força dos meios de comunicação modernos na construção da memória coletiva de uma dada sociedade e os riscos que esse quarto poder apresenta ao se perder a capacidade crítica na elaboração da memória. Conclui salientando a importância da existência de instituições-memória dentro do mundo acadêmico como uma garantia da elaboração de versões sobre o passado construído de forma científica e, portanto, mais livres de influências político-ideológicas.

##submission.authorBiography##

Olga Rodrigues de Moraes Simson
Professora do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas à Educação da Faculdade de Educação da UNICAMP e Diretora do Centro de Memória da UNICAMP.

Referências

BOSI, Ecléa. Memósria e sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979.
BRITO, Marilza E. Memória e cultura. Centro de Memória da Eletricidade no Brasil. Rio de Janeiro, 1989. (Caderno da Memória
da Eletricidade: n. 1) .
CASSIANO, Célia. Memórias itinerantes: um estudo sobre a recriação das Folias de Reis em Campinas. 1998. Dissertação
(Mestrado em Multimeios) Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo.
FERREIRA, Jerusa Pires. Cultura é Memória. ln: Revista da USP. São Paulo, 1995, n. 24, p.ll5 -120.
GIGLIO, Zula; VON SIMSON, Olga. A arte de recriar o passado: história oral e velhice bem sucedida. ln: NERI, Anita L.
Desenvolvimento e envelhecimento: perspectivas biológicas, psicológicas e sociológicas. Campinas, São Paulo: Papirus, 2001.
HALBWACHS, Maurice. A memoria coletiva. S. Paulo: Vértice/ Revista dos Tribunais, 1990.
NORA, Pierre. Les lieux de memoire. 1. La Republique. Paris: Gallimard, 1984.
VON SIMSON, Olga. Os desafios contemporâneos da história oral. Campinas, Centro de Memória da Unicamp, 1997.
VON SIMSON, Olga R. de Moraes. Construindo a história recente de Jarinu através da memória compartilhada. ln PARK,
Margareth B. (org.). Memória em movimento na formação de professores: prosas e histórias. Campinas, São Paulo: Mercado de
Letras, 2000.p. 9 a 12.
Publicado
2003-05-07
Como Citar
SIMSON, Olga Rodrigues de Moraes. Memória, cultura e poder na sociedade do esquecimento. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, n. 6, p. 14-18, may 2003. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/57>. Acesso em: 23 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v0i6.57.