Um Encontro com a Didática: para uma Didática que Redimensione o Profissional Professor

  • Maria de Fátima Barbosa Abdalla

Resumo

Na perspectiva de escrever sobre a Didática de forma a redimensionar o papel do profissional professor, este texto estará pondo em discussão três aspectos: (a) o trabalho do professor com o conhecimento, (b) a escola enquanto contexto de ação docente e (c) a formação e o desenvolvimento profissional do professor. A proposta básica é de se compreender a Didática como reflexão sistemática dos problemas da realidade educacional, para fundamentar a tese de que só se aprende a ser professor, quando se compreende a educação como projeto político cultural. Vale salientar que se trata de um estudo qualitativo, privilegiando uma abordagem interpretativa no tratamento dos dados coletados através de um estudo de caso e de histórias de vida de egressos da Didática, que atuavam como professores da rede pública de ensino nos anos de 1996 a 1998.

##submission.authorBiography##

Maria de Fátima Barbosa Abdalla
Mestre em Direito Internacional pela Universidade Católica de Santos, professor das Faculdades Integradas Campos Salles

Referências

ABDALLA, Maria de Fátima B. Relatório de pesquisa: A didática na licenciatura -um estudo dos efeitos e um programa de curso na atividade docente de alunos egressos da licenciatura I coordenação Selma G. Pimenta. São Paulo: FE-USP, 1997 .
____. O senso prático de ser e estar na profissão: das necessidades da prática. ln: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 22, 1999, Caxambu, MG. Anais .... Caxambu/Minas Gerais: ANPEd, 1999. p. 114 (resumo).
ALARCÃO, Isabel. A Experiência Portuguesa. ln: MENEZES, L.C. (org.). Professores: formação e profissão. Campinas: Autores Associados; São Paulo: NUPES, 1996b, p.33;69.
ANDRÉ, Marli Elisa D.A. Etnografia da prática escolar. Campinas: Papirus, 1995.
BECKER, Fernando. A epistemologia do professor: o cotidiano da escola. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1993.
CANÁRIO, Rui. A escola: o lugar onde os professores aprendem. ln: CONGRESSO NACIONAL DE SUPERVISÃO NA
FORMAÇÃO, 1, 18-20, Aveiro, 1997. Aveiro, Universidade de Aveiro, 1997. (mimeogr.).
FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, [19--].
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 2.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1997.
GIROUX, H. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre : Artes Médicas, 1997.
GÓMEZ, Angel Pérez. O pensamento prático do professor: a formação do professor como o profissional reflexivo. ln: NÓVOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992. p.93-114.
GONZÁLEZ GONZÁLEZ, M.T Centros escolares y cambio educativo. ln: ESCUDERO, J.M. & LÓPEZ, J (orgs.). Los desafíos de las reformas escolares. Sevilla: Arquetipo, 1992. p.71-95.
LEFEBVRE, Henri. A vida cotidiana no mundo moderno. São Paulo: Ática, 1991.
____. Lógica formal/Lógica Dialética. 6.ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1995.
LIBANEO, José Carlos. Didática. São Paulo : Cortez, 1992.
____. Pedagogia e Pedagogos, para quê 7 São Paulo: Cortez, 1998.
MACHADO, Nílson José. Epistemologia e Didática: as concepções de conhecimento e inteligência e a prática docente. São Paulo : Cortez, 1995.
MARCELO GARCÍA, Carlos. A formação de professores: novas perspectivas baseadas na investigação sobre o pensamento do professor. ln NÓVOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa : Publicações Dom Quixote/Instituto de Inovação Educacional, 1992, p. 51-76.
____. Formación del professorado para el cambio educativo. Barcelona: Promociones y Publicaciones Universitarias/PPU, 1994.
MARX, Karl. O Capital. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996. Livro 1, v.1, 1.
NÓVOA, Antônio. A formação tem de passar por aqui: as histórias de vida no Projecto Prosalus. ln: NÓVOA, A. & FINGER, M. (coords). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde/Departamento de Recursos Humanos da Saúde/Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional, 1988. p.107-130.
PERRENOUD, Philippe. Práticas Pedagógicas, Profissão Docente e Formação: perspectivas sociológicas. Lisboa : Publicações Dom Quixote, Instituto de Inovação Educacional, 1993.
PIMENTA, Selma Garrido. A Didática como mediação na construção da identidade do professor : uma experiência de ensino e pesquisa na Licenciatura. In: ANDRÉ, M. E. D.A. & OLIVEIRA, M.R.N.S. Alternativas do Ensino de Didática. Campinas: Papirus, 1997. p. 37-69.
____. Formação de Professores: saberes da docência e identidade do professor. ln: FAZENDA, I. (org.). Didática e Interdisciplinaridade. Campinas: Papirus, 1998a. p.161-178.
____. A Prática (e a teoria) docente ressignificando a Didática. ln: OLIVEIRA, M. R.N.S. (org.). Confluências e Divergências entre Didática e Currículo. Campinas : Papirus, 1998b. p. 153-176.
PINTO, Álvaro Vieira. Ciência e existência. Problemas filosóficos da pesquisa científica. 2.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.
RODRIGUES, Ângela & ESTEVES, Manuela. A análise de necessidades na formação de professores. Porto: Porto Editora, 1993.
SCHON, Donald. Educating the Reflective Practitioner. Toward a New Desing for Teaching and Learning in the Professions. San Francisco : Jossey Bass, 198 7.
VEIGA, lima Passos A. (coord.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1995.
ZEICHNER, Kenneth. Novos caminhos para o practicum: uma perspectiva para os anos 90. In: NO VOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote I Instituto de Inovação Educacional, 1992. p. 115-138.
Publicado
2012-09-10
Como Citar
ABDALLA, Maria de Fátima Barbosa. Um Encontro com a Didática: para uma Didática que Redimensione o Profissional Professor. Augusto Guzzo Revista Acadêmica, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 27-36, sep. 2012. ISSN 2316-3852. Disponível em: <https://fics.edu.br/index.php/augusto_guzzo/article/view/60>. Acesso em: 23 june 2021. doi: https://doi.org/10.22287/ag.v1i1.60.